Arquivo de novembro, 2012

#change

Publicado: novembro 22, 2012 em Amor Próprio, Dificuldades
Tags:, ,

É eu sei, ando bem distante daqui. Na verdade, tenho pensado muio em tornar o meu blog algo mais completo. Claro que a dieta hoje é parte fundamental dos meus dias, mas tanta coisa me cerca, minhas escolhas, coisas que testo, fotografias que tiro, viagens que quero fazer, ou já fiz. A parte de emagrecer é só um passo ou um pedaço da minha vida. Tenho pensado muito e provavelmente devo mudar o blog, devo deixar ele mais completo.

E por tanto pensar nisso que tenho demorado um pouco para postar. Uma porque aconteceu uma coisa muito ruim nestes últimos 15 dias. Logo depois de um treino pesado de vôlei – treino de ataque – após um dia já puxado com aula de running e 45 minutos de transport meu joelho não aguentou. Cheguei em casa com uma dor descomunal na alma e no joelho. Muito gelo, gelol e reza. Isso porque sentir dor agora seria avaliar diminuir o ritmo e isto é algo que não quero.

Por conta da dor, passei a semana toda sem treinar. Levando as coisas para a academia, porém com medo de fazer algum movimento que viesse prejudicar o joelho. Treinei na sexta, no meio do feriado. Fui logo fazer uma aula de running. O ritmo teve que ser outro, confesso. Correr mais forte estava gerando uma fadiga já, e no fundo aquela dor característica. O feriado foi a boa desculpa para malhar menos…consequentemente comer mais.

Eu sei que comer demais foi erro meu. Aliás, sei disso mais do que sei que eu só não emagreço mais rápido por minha culpa. Mas a grande verdade é que fiquei triste de não ter malhado. Fiquei triste de ter sentido dor e de pensar que teria que parar de fazer uma coisa ou outra. Investi mais uma vez na aula de spinning. Definitivamente não dá. A aula é chata, o professor toca sempre as mesmas músicas e eu fico sempre pensando na aula do Wagnão. Pouco a pouco vou voltando a rotina. No final de semana até tentei não abusar, mas fica difícil em casa, sem fazer nada, com dia chuvoso. Logo penso em comida, em doce, sorvete…é uma droga. O pensamento de gordo me mata. Eu amo comer, mas não aguento mais me ver gordinha. Quero estar saudável e mais magra, ponto final.

Fico vendo fotos de antes e depois, meu namorado fica vendo fotos de várias mulheres lindas e musculosas, as pessoas a minha volta são magras, na praia então nem se fala. É uma CRISEEEEEEEE. Dá vontade de pegar a tesoura e cortar as gorduras. Sem falar na história do trabalho…enfim…me perdoem…mas tirei o dia para resmungar. Para reclamar e para dizer que eu sei que comer me engorda, mas também sei que ficar nesta crise existencial não dá. Tenho que parar de uma vez por todas com minhas limitações e entender que EU preciso mudar para emagrecer.

Sorte ou azar?

Fui uma das sorteadas para participar do World Bike Tour. Um evento muito legal, que acontece em vários lugares do mundo, que não é uma competição, onde as pessoas se encontram e andam de bicicleta. Você se inscreve, e se for sorteado, paga uma taxa para participar, em troca ganha: a bicicleta, capacete, camiseta do evento e uma medalha. Sim, a bicicleta é um presente. O valor da inscrição é R$ 250, 00 este ano. Adorei ter sido sorteada, pena não vou ter o dinheiro para pagar…uma pena mesmo, nem queria participar só por conta da bicicleta (que é o máximo), mas o evento em si é muito legal.

Quero me desculpar pelo desabafo acima, sei que muitas pessoas que lêem o blog querem uma inspiração para emagrecer, e dicas ótimas que façam cada uma de vocês acreditarem que serão capazes. Acho que todo mundo é capaz, basta querer. Claro que não será fácil, você irá encontrar obstáculos, se sentirá incapaz (como eu me sinto as vezes), vai escapar de vez em quando e comer aquele hamburger (e se sentirá culpada ou não depois). Vai comer a salada com frango e vai achar aquela refeição excelente. Não é nada de errado. É normal. Normal saber que você luta por algo que valha a pena e saiba que esses desafios são as coisas que vão te colocar no caminho certo. Espero de verdade que todos possam conquistar suas metas – é o que eu desejo para mim e para todos que querem vencer como eu.

Beijo pessoas queridas

 

 

#inspiracaopravida

Publicado: novembro 13, 2012 em Dedicação, Inspiração

 

Oi pessoas lindas! Hoje estou super inspirada. Tão inspirada que quase li o diário da dieta da Claudinha Stoco inteiro hoje a tarde. Sem falar do Pensamento Magro que é outro blog perfeito. São histórias bem parecidas com a minha que estou vivendo agora. E principalmente, são histórias de pessoas reais. Vejo na Claudinha muito de mim. Meu namorado vive me dizendo que eu preciso fazer uma dieta radical, que preciso passar fome, sou totalmente contra isso. E veja o resultado, em 3 meses e meio já emagreci quase 10 quilos! E isso é uma vitória porque não foi passando fome. Claro que tive que fazer sacrifícios e muitos. Quantas vezes quase morri na esteira na aula de Running, ou não aguentava mais a subida na aula de spinning? Acha que todos os dias pela manhã eu acordo com a maior disposição do mundo para malhar? Não..não é bem por ai. Tem dias que sim, tem dias que definitivamente, não. Eu tenho vontade de fazer qualquer outra coisa, uma massagem, piscina, ficar lá na aula de alongamento. Mas eu sei que preciso gastar as calorias daquilo que consumo, e mais ainda, eu preciso ser uma pessoa saudável. Ser saudável é também aprender a pensar magro. Além disso também vivi um dilema da academia. Estava malhando em uma academia de bairro, que não tinha estrutura nenhuma, e que era um parto para marcar as aulas. Mas eu gostava dela, eu tinha vontade de estar lá para malhar. Porém o fato de ficar sempre tendo que fazer a mesma coisa me incomodou. E como tenho um namorado um pouco egoísta, que não consegue nunca me esperar sem reclamar, tive que abrir mão do conforto (que nem era tão confortável assim) para malhar em uma academia que a estrutura ainda me surpreende.

Não é só a academia, porque pode tudo estar lá, mas se não tiver bons profissionais, não adianta. E lá tem, pessoas que ficam ali, olhando se você está fazendo o movimento certo, se você não está passando demais do limite, se  você não precisa respirar um pouco antes de partir para o próximo. Gente que inspira saúde, e que me convence pela verdade, ficar mais 10, 15, 20 minutos no tranport, porque isso vai me dar resultado. Gente que se incomoda de me ver fazendo um exercício errado e faz questão de dizer, porque, como e a forma certa de fazer. Amo malhar na Bodytech. Pago o preço para estar lá. Quantas vezes no sábado eu acordo pensando..putz, tenho que atravessar a cidade para malhar…mas assim que piso na academia, não tenho vontade de sair de tão bom que é ficar lá.

 

Enfim, estou muito longe do meu objetivo ainda, mas feliz de ter um objetivo, de ter a determinação de conseguir chegar lá. Sinto dores as vezes, me sinto cansada, mas ao subir na balança e ver minha gordura indo embora me sinto mais feliz, porque sei que vou poder viver melhor e viver bem. Claro que não abro mão das “escorregadas”, sim eu dou..como diz a Claudinha, ninguém vive de salada e filé de frango só. Precisa incorporar outras coisas. E aquele doce que você ama pode entrar na sua educação alimentar, desde que você faça opções mais leves e aprenda que não é preciso comer o bolo todo de chocolate pra saber que é bom, um pedaço já irá te satisfazer.

É isso gente! Dia 15 vou fazer um post dos últimos 3 meses de malhação. Nos encontramos então…(no interim e no próprio dia!)

Vamos falar de coisas diferentes? Quero me apresentar um pouco para vocês. Aliás, faz quase 3 meses que “estamos juntos” e não se se já falei de coisas que gosto muito. Aliás, coisas que me trouxeram para a Vanessa que vos fala hoje. Bom, eu sou paulista, nasci e vivi a minha vida quase toda em São Paulo capital. Ao longo dos últimos anos ando descobrindo mais de mim do que nunca. Eu amo viajar. Aliás, estar com pessoas diferentes, lugares diferentes e vivenciar culturas diferentes me preenche. Detesto solidão, sou péssima sozinha. Sou muito indecisa. Amo cores, tanto que as vezes perco a linha. Gosto da verdade, até mesmo quando ela dói. Escrevo na maior parte das vezes como uma espécie de desabafo e como forma de me “ver” no futuro. Eu já tive blogs de poesias. Sempre percebi que escolho bem aquilo que quero presenciar, por isso, amo fotografia. Tenho péssimo senso de direção.

Vir aqui e escrever sobre essa fase da minha vida me ajuda muito a emagrecer mentalmente, isso porque quase nunca (pelo menos de tudo que eu li eu nunca vi) as pessoas te falam que você primeiro emagrece a mente, pra depois emagrecer o corpo.  A gente sempre pensa ao contrário. Eu vivo me imaginando magra, e muitas vezes isso está ligado a momentos de felicidade. Errado. Estar magra não é o que me fará feliz, mas os momentos que vivo hoje, e esse encontro comigo mesma.

 

Escolhi este post para falar disso pois o caminho que estou percorrendo agora tem uma estranha relação com as descobertas que fiz há um tempo atrás: viajar.  Não estou falando de ir para um hotel e escolher bons bares, boas noitadas, compras e tudo isso. Estou falando de fazer uma trilha e descobrir uma praia linda onde os sons são os mais naturais possíveis. É sair do óbvio e mergulhar em uma cultura – contrária a sua – e vivenciar isso com a alma aberta. Tem até uma expressão de Paulo Coelho que me faz ver um pouco disso – É uma sensação única de alma crescida. Você não coloca na sua vida só a sua casa, o trabalho, a escola, as ruas da sua cidade. Você insere montanhas, céus diferentes. mares turbulentos. Você acrescenta o deserto do Saara, as pirâmides do Egito, a Torre Eiffel, a tribo indigena, Machu Picchu. Entende? E tudo isso é tão gigantesco que sua alma cresce, e certas coisas já não te fazem tão feliz. Talvez as simples coisas, mas não as mais óbvias. Não é mais a roupa de marca, o batom vermelho, o perfuma da vez. É pés descalços sobre a areia, brisa do final de tarde percorrendo seu braços e pernas. A sensação de sentir o cheiro da vida a sua volta. Is really something else.

Hoje me peguei pensando nisso por que mais uma vez me vejo dentro de uma situação inesperada, onde coisas que me chateiam muito me cercam, mas ainda sim, consigo ampliar o meu “horizonte” e percebo que isso não é nada, é só uma fase, um detalhe. É só mais um capítulo da minha vida, e que no meu livro ainda faltam muitas páginas, e preciso preencher algumas, outras serão preenchidas por outras pessoas. As vezes será o passado que irá preencher as folhas da minha vida e com certeza o futuro é quem irá dizer qual tipo de romance eu irei viver. São muitas coisas, mas a única certeza que não acaba aqui, e não acaba agora…simplesmente a vida continua.

 

 

#mudandoosares

Publicado: novembro 1, 2012 em Apresentação
Tags:, , , , , ,

ImagemOlá lindonas (e lindões!) tudo bem por ai? Aqui tudo bem!! Fiz as pazes com a balança e lá se foram já 9,300! Sim…quase 10. Estou muito feliz, pois continuo mantendo durante a semana a alimentação bem saudável e muito exercício. Só estou um pouco preocupada pois o feriado está ai e já viu né? Feriado é sempre um “estouro da boiada” da dieta. Espero de verdade conseguir me segurar e me exercitar.

Falando em exercício,  como todos sabem lá na academia tem 360 tipos de aulas…as eu praticamente faço as mesmas coisas: spinning, running, vôlei e musculação. Eis que ontem, como decidi não malhar pela manhã, tive que fazer tudo a tarde: resultado 3 horas de academia! Mas claro que rolou uma novidade, uma aula de Mat Pilates. Bem, pra quem nunca tinha sequer visto uma aula de pilates, fazer seria assim, um belo começo não? A aula não é PILATES, como a grande maioria das pessoas está acostumada (com aqueles aparelhos, e todas as projeções), mas sim uma aula que exige MUITO (mas bota muito mesmo) do abdômen de quem quer tentar fazer. São posições realizadas com algumas repetições que trabalham a musculatura do abdômen e pernas e principalmente a respiração! E foi a partir deste momento que percebi que sou uma pessoa que esqueço de respirar quando faço exercício – com exceção do running, porque se eu não respirar na aula do Bruno eu morro…rs.

Me apaixonei pela aula e quero tentar fazer em revezamento com as atividades da tarde, então além de fazer as minhas aeróbicas de sempre, quero tentar fazer a tarde musculação e mat pilates. Semana que vem vou fazer uma aula de remo indoor, que é uma aula beemm aeróbica me mexe braços e pernas. Vou fazer e venho aqui contar para vocês o que eu achei ok?

Imagem

Má que calor não?

Pessoas lindas..que calor é esse? Falei para azamigas que se continuar assim, no verão do Rio, vamos andar peladas…ou de biquine! Porque está impossível, não tenho nem conseguido treinar de calça, estou me virando com as bermudas! O problema deste calor é que ficamos num entra e sai sem fim de ar condicionado e calor no maior estilo “forno de natal”. Eu que tenho zilhões de problemas respiratórios passo mal com essas mudanças, tenho colocado uma bacia de água bem perto da cama para ajudar na “secura do ar”. No trabalho a solução foi curar o calor com um picolé. Experimentei esses dias o picolé da kibon de lichia! Tão bom e refrescante quanto o de limão e com a mesma quantidade de calorias! É óbvio que de vez em quando eu dou uma escorregada e como um de massa (ainda mais porque no Cittá América tem uma sorveteria chamadas SORVETTI que é MARAVILHOSA), Hoje inclusive provei um sabor do dia (que vem bem pouco sorvete) de queijo com doce de leite! Maravilhoso, mas só pode de vez em quando, para não acabar com o regimex!

Imagem

Aproveitando o feriado e o bônus!

Aqui no Rio está rolando o Top Fashion Bazar, que é um bazar das marcas mais badaladas daqui do Rio com um precinho bem camarada, descontos de até 70%. Quero dar uma passada lá pra ver se consigo aproveitar para comprar mais algumas camisas, Massssss o que eu quero aproveitar mesmo é o bônus que vamos receber da empresa que trabalho, para poder comprar um tênis novo. O meu tênis é beeeem novinho (até postei https://projetoverao2012.wordpress.com/2012/08/27/surtando/), mas estou só usando ele, então quero outro para revezar! Quero um rosa assim, igual esse da foto, ou um bem próximo disso. Outra coisa que preciso comprar, mas vou ter que deixar pra comprar mais para frente, é uma sapatilha de spinning. Tenho sentido um pouco uma dor no pé e acho que é por conta do tênis errado para o exercício.

Imagem

 

É isto pessoas lindas, a mensagem final deste post é Coma bem, vista-se bem e sinta-se bem. A beleza também começa de fora para dentro, ainda mais quando decidimos nos amar! E é assim que me sinto- me amando muito,,e você?